Saltar para o corpo principal da página

SITE OFICIAL DO CLUBE DE DESPORTOS DA COSTA DO SOL

Mais um troféu nas nossas prateleiras...

A equipa canarinha iniciou a presente época futebolística, como acabou a anterior, ou seja a levar mais um troféu para o seu ninho, que vai precisar de aumentar o espaço para colocar mais taças pois a temporada só está a começar.

Numa partida de sentido único, os vencedores da Taça de Moçambique, derrotaram a União Desportiva do Songo por duas bolas sem resposta, um resultado que peca por ser escasso, pois o Costa do Sol ficou a dever a si e aos seus adeptos, uma goleada das antigas.

A vitória canarinha começou a ser construída nos minutos iniciais, quando Chawa, um dos reforços para a presente temporada, aproveitou da melhor maneira uma brincadeira do guarda-redes adversário e fez o primeiro aos seis minutos, para uma autentica explosão de alegria dos adeptos do Costa do Sol que estavam em maior número e vestidos a rigor para apoiar a equipa.

Se antes do golo a UDS não conseguia passar da linha do meio campo, depois de sofrer perdeu-se completamente dentro das quatro linhas e tomou um verdadeiro banho de futebol, dado pela equipa comandada por Fábio Costas. O liberiano Terrence era um verdadeiro diabo a solta, criava enormes dores de cabeça a defesa dos campeões nacionais. Uma defesa que tremia como se fossem varas verdes sempre que o Costa do Sol se aproximava da sua área.

O defesa direito da equipa da província de Tete, Butana, deve ter tido pesadelos durante a noite, porque Terrence fez tanta maldade contra ele durante os noventa minutos do embate da Supertaça, e em alguns momentos parecia que o liberiano andava de um Ferrari e o moçambicano abordo de IFA cheio de cocos, pois sempre que o atacante canarinho acelerava o lateral ficava nas "covas".

Durante os primeiros quarenta e cinco minutos os hidroeléctricos não fizeram qualquer remate a baliza de José Guirrugo, que parecia um autêntico espectador, e bem que podia ter pedido um telemóvel para estar a teclar com os amigos no WhatsApp. Foi-se ao intervalo com 1-0, por culpa dos canarinhos, porque desperdiçaram várias oportunidades para fazer o segundo, terceiro ou mesmo o quarto….

Na etapa complementar, a equipa de Chiquinho Conde, tentou esboçar uma reacção mas foi sol de pouca dura, porque o Costa do Sol tratou de colocar as coisas no seu devido lugar, e sempre com o suspeito de costume, Terrence,que num dos seus rasgos levou a bola ao poste direito da baliza de Swini que estava completamente batido.

O liberiano mostrou ter um pulmão de fazer inveja, pois atacava e defendia com muita facilidade. E aos 60 minutos,que durante a partida não foi nada egoísta, coroou a sua exibição com um golo, o segundo para o Costa do Sol.

A União Desportiva do Songo, tentou chegar ao golo de honra, mas Guirrugo defendeu o único remate digno desse nome que foi efectuado por Cremildo dentro da grande área.

Os canarinhos começaram a época a ganhar um troféu, que se espera que seja o primeiro de muitos neste ano de 2018.

No primeiro dia de trabalho Fábio Costas, disse que ia trabalhar com humildade e que trataria de ganhar todas as competições que o Costa do Sol estará envolvido, e começou por dar a sétima Supertaça de Moçambique… e agora que venham as outras competições.

O onze inicial do Costa do Sol, e as respectivas substituições, foi:

16. Guirrugo
30. Salomão(c)
3. Chico
22. Manucho[A]
15. Jorge
26. Hilário
8. Chawa [A]⚽ > 6. Sarmento
7. Nelson
21. Zequito > 13. Chris
11. Raul > 5. Nené
18. Terrence [A] ⚽

ESTATISTICASCDSUDS
GOLOS20
REMATES A BALIZA71
REMATES AO LADO53
CARTÕES AMARELOS40
CARTÕES VERMELHOS00
CANTOS73
FALTAS139
FORA DE JOGO44

Autor Feliz Mangane @ Folha de Maputo

Mais um troféu nas nossas prateleiras...